sábado, 22 de maio de 2010

Os Sete Maiores Mistérios de Chaves



1 – O que tem no Chaves que faz todos rirem mesmo sabendo o que vai acontecer?

Mensagens subliminares? Bem, alguns dizem que seria pelo humor ingênuo, a inocência passada sem nenhuma piada machista ou de duplo sentido.

2 – Porque Seu Madruga sempre deveu exatos 14 meses de aluguel?

Se pararmos para pensar o seriado é longo, o que dá a impressão de uma cronologia Mas se pensarmos melhor, veremos que nenhum episódio apresenta continuação, com exceção dos episódios especiais, como o de Acapulco. O que nós faz crer que não há passagem de tempo na série.

3 – Acapulco Ou Guarujá?

Este com certeza é o mais fácil, mas sempre tem um que insiste em fazer essa pergunta.
No primeiro episódio das férias todos dizem que estão indo viajar para o Guarujá, mas no segundo se cita Acapulco, destino real da turma. Essa troca de nomes na dublagem aconteceu por causa de uma antiga determinação do SBT de “abrasileirar” os termos utilizados nos seriados.
Essa determinação apesar de parecer ridícula foi boa, pois através dela vimos um episódio onde há uma aula de história brasileira marcada por celébres frases como:
“O que Cabral fez assim que, pois o pé em território brasileiro?
-“Colocou o outro. Se não ele iria cair.”

4 – Onde mora o Chaves?

“Em um episódio, antes da festa de ‘Boa Vizinhança”, numa conversa com Quico e Chiquinha, Chaves revela o óbvio. Que ele não mora dentro barril, e sim em outra casa na vila a de número oito, com outra pessoa, só que Chaves tem a fala cortada pelo pai de Chiquinha no momento de revelar quem é a pessoa, Então já sabemos onde ele mora, agora com quem? Ainda é um mistério.

5 – Qual o número do apartamento de Dona Florinda?

Nem sempre número de da casa de Dona Florinda foi o 14. No episódio dos “inseptos”, e no qual Chaves quebra a mesma lâmpada várias vezes, o número do apartamento da Dona Florinda é 42.
E pra complicar ainda mais, no episódio do “filme do Pelé”, do dia de São Valentin e dos Namorados, o número é 24! Esses dois episódios são do final de 1978/79, logo depois de Carlos Villagran sair do Chaves para estrelar seu próprio seriado, Frederico, na Venezuela.

6 – Quantos anos deve ter o dono da venda da esquina?

Não se sabe nada sobre esse personagem, a não ser que ele tem uma venda na esquina. Mas não sabemos em qual esquina, já que a rua em frente à vila mudou 3 vezes:
Já foi só uma calçada, depois teve muros baixos uma curva e carros, e por último perdeu a calçada.
O dono da venda da esquina deve ser um senhor centenário já que uma vez ,Seu Madruga, afirmou que quando criança vendia garrafas para ele.

7 – Qual é o verdadeiro nome de Chaves no seriado?

Mais uma vez isso foi quase revelado. Em outra conversa com Seu Madruga, Chiquinha e Quico. No episódio da casa da Bruxa do 71.Seu Madruga afirma que não se deve dar apelidos as pessoas,então Chaves diz que ninguém o chama pelo seu nome verdadeiro, quando perguntado por Chiquinha qual é o seu verdadeiro nome ele diz:
“-Meu verdadeiro nome é…” E outra vez o garoto é rapidamente interrompido, deixando mais uma incógnita no ar.


Link do post original: Arquivo SBT

5 comentários:

FOXXavier disse...

olá estou aqui para alertar que copiar posts e nem ao menos creditar a fonte é uma atitude anti ética e que pode acarretar em processo...

Se achou interessante, fale do post, sua visão e etc e linke o mesmo, já copiar conteúdo é um crime federal passível a lei de direitos autorais. Como pode observar na postagem, eu sou o autor desse artigo e peço a retirada do post, caso contrário entrarei em contato com a equipe do Blogger que tomará as medidas cabiveis

Link do post original:http://www.arquivosbt.com/2010/05/os-sete-maiores-misterios-de-chaves.html


Para esclarecimento, essa é a medida que o blogger toma no caso de posts plagiados: http://www.dicasparablogs.com.br/2010/03/denuncie-os-plagiadores-isso-funciona.html

Anônimo disse...

Estou falando por mim apenas.

Começar a falar em ser anti-ético, e logo em seguida falar em processo?

Mas sendo eu, uma pessoa de pouco conhecimento, sempre achei que a ferramenta da internet era divulgar ao máximo algo que gostássemos muito.

Claro que entendo o que é um plágio, mas entendo que seu conteúdo teria que ser algo de extremo valor para o mesmo, e não acho que seja o caso do conteúdo que foi colocado. Ninguém morreu ou deixou de nascer por causa dele, ninguém conseguiu a cura para o cancer por causa dele.

Seja uma pessoa melhor ao entender o que seria um real plágio, por favor.

Anônimo disse...

Fui até o blog do SBT, lá é roots pakas.

mas ai manolo n seria pra tanto vai, processar? ¬¬

mas vc fez ótimo trabalho nas questions pro chavez....

flw

Anônimo disse...

Curto pra caramba o esse blog e estou de acordo com o post que diz que a internet é uma ferramenta livre, se você está insatisfeito com os blogs que copiam seu post faça um blog pessoal e sem acesso livre...

Brunoviski disse...

Xavier, infelizmente foi um erro não creditar o post ao seu site, erros acontecem pois nós postadores do blog somos humanos (óbvio)!

Já foi corrigido o post, com créditos do site original. Mas creio que as informações que vieram da postagem original sobre o Chaves também possuia uma fonte na qual não foi relacionada na postagem!

E obrigado por visitar o Blog, volte sempre!